top of page

Energia Limpa: o caminho para a sustentabilidade existe

Nessa semana a energia solar se tornou a 2ª maior fonte da matriz no Brasil, essa notícia é um acontecimento histórico para os esforços pelo desenvolvimento sustentável e para a Agenda 2030. Esse avanço mostra que há um caminho livre para chegarmos à um número ideal em energia limpa e liderarmos o mundo nesse modelo energético. Saiba mais sobre o tema e veja o que já foi discutido no Path sobre o assunto.


O Brasil é um país rico em recursos naturais e possui uma das maiores fontes de energia limpa do mundo. A energia hidrelétrica, por exemplo, é uma das principais fontes de energia do país, gerando cerca de 75% da energia elétrica consumida no Brasil. Além disso, o Brasil também possui importantes fontes de energia eólica e solar, que têm crescido significativamente nos últimos anos.


Mas por que a energia limpa é tão importante para o desenvolvimento sustentável do Brasil? A resposta é simples: a energia limpa é renovável e não emite gases poluentes na atmosfera, o que a torna uma opção mais sustentável em comparação com fontes de energia não renováveis, como o petróleo e o carvão. Além disso, a energia limpa também pode ser produzida de forma mais barata, o que pode ajudar a reduzir os custos de energia para as empresas e os consumidores.


Um bom exemplo nos últimos 10 anos é a energia solar, que tem se tornado cada vez mais importante na matriz energética brasileira. Atualmente, a energia solar tem uma potência instalada operacional de 23,9 gigawatts (GW), ficando atrás apenas das hidrelétricas, que têm 109,7 GW, segundo a Aneel (Agência Nacional de Energia). A associação do setor, Absolar, estima que a energia solar gerou mais de 705 mil empregos e R$ 120 bilhões em novos investimentos na última década.


A instalação de energia solar em residências, comércios, indústrias, propriedades rurais e prédios públicos tem sido impulsionada por melhorias na tecnologia, evolução do mercado e redução de custos. Além disso, o Brasil possui uma boa incidência solar, o que torna a energia solar uma opção viável para geração de energia elétrica no país.



Vantagens da Energia Solar na Matriz Energética Brasileira


O Brasil é um país com grande potencial para a geração de energia solar. A insolação é significativamente mais elevada do que em outros países, tornando o sol uma fonte potencial para a produção de energia limpa. A energia solar tem muitas vantagens sobre as outras fontes de energia disponíveis hoje.


Economia de Custos


A primeira vantagem da energia solar sobre as outras fontes de energia é a economia de custos. A energia solar é uma fonte de energia limpa e renovável, o que significa que não há custos de combustíveis para gerar a energia. Além disso, não existem custos de manutenção ou de emissão de poluentes. Assim, o custo total da energia solar é significativamente menor do que o custo das outras fontes de energia.


Baixo Impacto Ambiental


Outra grande vantagem da energia solar é seu baixo impacto ambiental. A energia solar é uma fonte de energia limpa e renovável, o que significa que não há emissão de poluentes na atmosfera durante a geração de eletricidade. Além disso, não há uso de combustíveis fósseis, já que a energia é obtida a partir da luz solar. Isso significa que a energia solar não contribui para o aquecimento global e também não causa danos à camada de ozônio.



Facilidade de Implementação


Outro aspecto importante é a facilidade de implementação da energia solar no Brasil. O custo de instalação dos equipamentos para a geração de energia solar tem caído nos últimos anos, tornando-se uma opção mais viável para as empresas e indivíduos. Além disso, o governo brasileiro tem incentivado a produção de energia solar, oferecendo subsídios e financiamentos para estimular o uso desta fonte renovável.


Segurança Energética


A segurança energética também é um benefício importante da energia solar no Brasil. A dependência do país de combustíveis fósseis como fontes principais de energia tem sido um grande problema nos últimos anos. A dependência da importação destes combustíveis tem causado instabilidade energética no país, já que os preços dos combustíveis são altamente voláteis. A implementação da energia solar pode reduzir a dependência do país dos combustíveis fósseis, proporcionando maior estabilidade e segurança na matriz energética brasileira.


Melhoria do Meio Ambiente


Uma outra vantagem da utilização da energia solar na matriz brasileira é melhoria no meio ambiente. Como mencionado anteriormente, a produção de energia solar não emite poluentes na atmosfera e também não contribui para o aquecimento global. Além disso, a utilização desta fonte limpa e renovável pode reduzir o uso dos combustíveis fósseis, o que pode levar à redução dos danos ambientais associados à exploração destes recursos.


Escalabilidade


Finalmente, outra grande vantagem da energia solar é sua escalabilidade. A produção de eletricidade por meio da luz solar não requer grandes infraestruturas para ser implementada, tornando-se uma opção viável tanto para pequenas comunidades como para grandes cidades. Além disso, os sistemas solares podem ser facilmente expandidos para atender à crescente demanda por eletricidade no Brasil.


Busca para o futuro sustentável


Para alcançar um futuro mais sustentável, o Brasil precisa investir em tecnologias de energia limpa e promover a mudança para fontes renováveis. Isso pode incluir o aumento da produção de energia eólica e solar, bem como o incentivo à utilização de veículos elétricos e à implementação de práticas de eficiência energética em todo o país.


Alcançar o objetivo de ter uma matriz energética mais limpa não será fácil, mas é crucial para o desenvolvimento sustentável do Brasil. Com um pouco de determinação e investimento, o Brasil pode se tornar um líder mundial em energia limpa e mostrar ao mundo como é possível crescer de forma sustentável. E com um pouco de sorte, talvez até 2030 possamos ver um Brasil mais verde e mais limpo do que nunca.


A energia solar tem muitas vantagens sobre as outras fontes disponíveis hoje na matriz brasileira: economia de custos, baixo impacto ambiental, facilidade de implementação, segurança energetica e escalabilidade. Estas vantagens tornam a energia solar uma opção cada vez mais viável para a produção de eletricidade no Brasil.





0 comentário
bottom of page